Método científico para leigos

By Internet Archive Book Images [No restrictions], via Wikimedia Commons
By Internet Archive Book Images [No restrictions], via Wikimedia Commons




A anatomia é um marco no método científico
By Internet Archive Book Images [No restrictions], via Wikimedia Commons

Método científico para leigos

O método científico tem muitos defensores, mas poucos sabem explica-lo com simplicidade. Se alguém não sabe explicar uma coisa com simplicidade é porque não sabe verdadeiramente o que é.

Neste artigo usarei uma comparação para explicar o que é o método científico de forma didática.

Método científico sem receio

A pior coisa para um estudante é se deparar com a afirmação de que deve usar o método cientifico com informações evasivas. Alguns dizem que “não existe uma definição fechada do método”. Ao mesmo tempo enchem a paciência do graduando ou pós-graduando com exigências cada vez mais fechadas.

Esse tipo de coisa é cada vez mais comum entre orientadores que preferem a forma ao resultado da metodologia. Metodologia é o estudo de um conjunto de métodos usados em determinada área. Existe uma metodologia para cada coisa. Às vezes confundimos metodologia científica com método científico. Metodologia é plural e método e singular.

Como entender a metodologia da ciência?

Como esclarecer isso sem fundir nossa cabeça? Vou usar uma figura comum a todas as pessoas, afinal, todos já foram ao médico pelo menos alguma vez na vida. Se você nunca foi, deveria ir, pelo menos para entender o que vou explicar.

A medicina é uma das profissões mais antigas do mundo e foi amplamente influenciada pelo método científico. Inicialmente, a medicina estava ligada a filosofia assim como o direito e a teologia. Com o tempo a medicina tornou-se mais científica que filosófica, por isso ela serve bem a nossa comparação.

Imagine que você vai ao médico se queixando de alguma dor. O médico te examina e já descarta algumas doenças. Depois ele supõe que você tenha algo específico, mas precisa confirmar, então pede um exame, seja de imagem, de sangue, o que for.

Quando o exame está pronto, você leva ao medico. O médico olha seu exame, compara com o que ele imaginou que você teria e dá um diagnóstico. Daí é só partir para o tratamento.

Dependendo da situação, você pode pedir ao médico um laudo para fins específicos.

Relembrando a rotina de um diagnóstico simples

Penso que você já passou por uma rotina destas. Vamos compará-la ao método científico.
Quando você se queixa de um problema de saúde, com seus sintomas, acaba de oferecer ao médico um PROBLEMA DE PESQUISA

Quando o médico examina sua língua, seus batimentos e coisas assim, ele elimina as causas mais simples e óbvias.
Eliminado o que é óbvio o médico intui, a partir de seu conhecimento em medicina, uma HIPÓTESE.

A hipótese é uma suposição mais ou menos certa do que pode estar acontecendo contigo. Entretanto, ele não pode dizer com certeza, pois podem ser várias coisas diferentes.

Para esclarecer sua HIPÓTESE o médico pede um EXAME ADEQUADO. Se for um exame de sangue, você permitirá que coletem uma AMOSTRA de seu sangue para ser ANALISADO.

Quando o exame esta pronto, o médico pega a ANÁLISE do sangue e faz a comparação dos DADOS conseguidos com sua HIPÓTESE inicial. Nesse momento podem acontecer duas coisas pelo menos: ou a HIPÓTESE SE CONFIRMA e você sai com uma receita do consultório, ou a HIPÓTESE NÃO SE CONFIRMA e são necessários mais exames.

Se a doença te deixar “encostado” pelo INSS aí você vai precisar de um LAUDO MÉDICO para garantir seu repouso para recuperar a saúde.

Comparando um diagnóstico com o método cientifico

Você já deve ter percebido, mas vou relacionar agora com o MÉTODO CIENTÍFICO para esclarecer melhor.
O MÉTODO CIENTÍFICO precisa de um PROBLEMA DE PESQUISA que implica em conhecer as causas ou soluções para um problema em uma determinada população de pessoas, animais ou coisa que o valha.

O MÉTODO CIENTÍFICO não estuda o óbvio,

mas o que tem base em alguma explicação mais testada. As TEORIAS CIENTÍFICAS são explicações, mais ou menos testadas por outros cientistas, portanto, usar um TEORIA CIENTÍFICA e fundamental na formula de HIPÓTESES. No caso do TCC as TEORIAS CIENTIFICAS fazem parte dos conceitos estudados durante seu curso de graduação.

De posse da HIPÓTESE baseada em uma TEORIA CIENTÍFICA o MÉTODO CIENTÍFICO diz que deve-se buscar o MÉTODO CORRETO DE EXAME. Este método de exame varia de um objeto de pesquisa para outro, mas é necessário saber escolher o MÉTODO CORRETO DE EXAME para cada problema.

No caso do TCC um dos MÉTODOS CORRETOS DE EXAME pode ser a tradicional PESQUISA BIBLIOGRAFICA.

Depois de escolhido o MÉTODO CORRETO DE EXAME deve-se colher os dados a partir de AMOSTRAS.

 

No caso de um TCC as AMOSTRAS podem ser as afirmações da literatura sobre um assunto conseguidas na PESQUISA BIBLIOGRÁFICA, ou conseguidas de outra maneira, mas vamos nos ater nesse site somente à pesquisa Bibliográfica.

De posse das AMOSTRAS podemos entender quais DADOS são importantes de acordo com a TEORIA CIENTIFICA que escolhemos. Se os DADOS analisados comprovam a TEORIA CIENTÍFICA, ou não, já terminamos a pesquisa.
Depois de tudo isso vamos escrever nosso laudo, ou seja, A MONOGRAFIA, que deverá dizer os RESULTADOS DA PESQUISA até aquele momento.

Na conclusão da MONOGRAFIA costuma-se dizer as limitações do trabalho apontando para novas pesquisas. Isso seria o equivalente ao médico começar tudo de novo fazendo novos exames até descobrir a doença. Mas sua MONOGRAFIA pode ficar somente em uma parte da descoberta.

Resumindo o método científico

  • Como você pode perceber, o método cientifico não é algo tao alheio ao nosso dia a dia e constitui-se basicamente de:Encontrar um problema de pesquisa
    Eliminar o óbvio, pois a ciência nãos e ocupa do óbvio
    Propor uma hipótese baseada em uma teoria cientifica reconhecida
    Escolher o melhor método para testar a hipótese
    Testar a hipótese com coleta de dados
    Examinar os dados para identificar seus resultados
    Publicar os resultados, mesmo que preliminares, em texto científico.

Esse texto ficou um pouco longo, mas espero ter ajudado na compreensão do método cientifico. Tente aplicar o mesmo raciocínio à sua área de formação e verá que existe uma identidade metódica na busca do conhecimento em cada área.

Essas ideias elaboradas aqui não foram aleatórias, pois já existem estudos acadêmicos realizando essa comparação. Para encontrar referências acadêmicas sobre este texto procure na bibliografia deste site.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*